sexta-feira, 10 de junho de 2011

As cinzas e o azul

Li ainda pouco na internet que as cinzas do vulcão chileno chegaram a Florianópolis. Visivelmente não há nada. Daí olhei para o céu, aqui no Carianos, e só existe um infinito azul. Depois, entendi. As cinzas estão a 10 mil metros de altitude. Como manezinho da Ilha, olhei para o céu. O que com certeza muita gente o fez nessa manhã.

Nenhum comentário: