segunda-feira, 13 de junho de 2011

85 anos!

Ontem, sem deixar passar em branco, o pai do presidente Zunino, Seu Walmor Zunino, fez 85 anos. Confiram abaixo um texto que escrevi no ano passado sobre a vida dele. 






"Em 1960 a vida era tranqüila em São João Batista. A comunidade italiana sobrevivia da lavoura, do campo e das tradições vindas do Velho Continente. A solução para uma vida melhor era buscar o trabalho em outros municípios. Foi em 1973 que um homem digno deixou a pacata Canelinha, na Grande Florianópolis, para encarar a vida no meio urbano. Aos 47 anos, ao lado da esposa, desembarcou na Capital de Santa Catarina onde conheceu, de fato, o futebol, uma paixão que viria à tona nos anos seguintes. A família, à época, acompanhava o futebol por meio do rádio, veículo que atingia as diversas classes sociais e permitia a todos o direito de sonhar e imaginar as belas jogadas dos craques daquele tempo. No velho “dial”, o futebol do Rio de Janeiro estava em voga. Fluminense, Flamengo, Vasco, Botafogo, Bangu, América, São Cristóvão e Bonsucesso percorriam as ondas do rádio até chegar a Fernandes e Tigipió, lá no interior de São João Batista, hoje, a "Terra do Calçado".


O futebol tornou-se uma paixão nacional já nos anos 50. Antes disso, precisamente em 1945, Walmor Zunino, aos 19 anos, tomou uma decisão importante e que o levaria a uma vida repleta de alegria. Neli Campos, aos 18 anos, era a pessoa escolhida por ele para ser a verdadeira companheira de uma família que iria surgir. O amor do casal trouxe ao mundo sete filhos: João Nilson, Neusa, Nilton Cezar, Vilmar, Dioni, Walmor Filho e Sandro.



Precisamente em 1973, Florianópolis era uma cidade provinciana. A Universidade Federal de Santa Catarina, era a grande porta de entrada para os estudantes que vinham do interior. No futebol, o Avaí conquistava o Campeonato Catarinense diante do Juventus de Rio do Sul. Walmor Zunino, acostumado apenas com as vibrações das transmissões esportivas do rádio, acompanha o Avaí pela primeira vez de perto, nas arquibancadas do velho Estádio Adolfo Konder. Foi paixão à primeira vista. E de forma positiva, afinal, o título ocorreu naquele ano.

A paixão pelo Avaí foi retransmitida aos filhos. João Nilson, o mais velho, mal sabia do futuro promissor e, claro, da responsabilidade que teria a partir do fatídico ano de 2002. Mas antes de chegar à rua Tomas João dos Santos, no Morro do Céu, nas proximidades do velho Adolfo Konder, Walmor rodou algumas localidades da cidade. Funcionário da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, a qual adquiriu aposentadoria, o exemplar servidor morou nos bairros José Mendes, Santa Mônica e Estreito.

Atencioso, logo tratou de incentivar a família a torcer pelo Avaí. De cara, virou sócio e passou a freqüentar os jogos. Dos sete filhos, apenas um deixou de acompanhar os ensinamentos do pai. O que é normal, afinal, ovelha negra existe em qualquer família. A unanimidade é burra, já dizia Nelson Rodrigues. E com certeza a família Zunino soube absorver as diferenças. Não é à toa que seis filhos, treze netos e sete bisnetos escolheram o amor pelo azul e branco.

Bom, nesse 12 de junho, Dia dos Namorados, aquele senhor que todos as manhãs ia na venda do Seu Antonio Queiroz falar do Avaí, com o rádio do lado, completa 84 anos de vida. O orgulho da família, Walmor Zunino mostra que para viver basta ser feliz. E é isso que nos motiva a cada dia."

Texto: Vandrei Bion


 

Filhos e Noras/Genros

*João Nilson Zunino/Marlene Maria dos Santos Zunino

*Neusa Terezinha Zunino (In Memorian)

*Nilton Cezar Zunino/Maria Bernadete Fontanela

*Vilmar Zunino/Marcia Zunino

*Dioni Maria Zunino/João Jorge Kolachinski

*Walmor Zunino Filho/Geciony Nunes Monteiro Zunino

*Sandro Roberto Zunino/Eliane da Slva

Netos:

*Daniela Zunino

*Alexandra Zunino

*Gisele Zunino

*Gabriel Zunino

*Natália Beni Fontanela Zunino

*Ney André de Mello Zunino

*Tuly Alexandre de Mello Zunino

*Breno Roberto Zunino de Holanda Campelo

*Ana Carolina Zunino de Holanda Campelo

*Paulo Henrique Nunes Monteiro Zunino

*Janaina Nunes Monteiro Zunino

*Bruno Algusto Estácio Zunino

*Manuela Estácio Zunino

Bisnetos

 

*Sofia

*Eduardo

*Maria Eduarda

*João Nilson

*Marina

*Nicole

*Isadora

Um comentário:

Paulo disse...

tanto na minha familia, como do Zunino, todoas os filhos casaram com "brasiliani" !!!