sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Rumo a Camboriú!

Estamos indo nesse momento para Camboriú onde acontece a eleição da Associação dos Clubes Profissionais de Santa Catarina. O presidente João Nilson Zunino, atual comandante da entidade, colocou-se a disposição para mais um mandato de dois anos. O que de fato deve acontecer. Depois, traremos mais detalhes. Um forte abraço!

Um comentário:

fabio lodi disse...

O objetivo principal do torcedor ser sócio é poder ter acesso para assistir as partidas do Avaí, no estádio da Ressacada, sem qualquer custo, a não ser o valor da mensalidade.

O departamento de marketing tem a responsabilidade de criar ações que envolvam os sócios do clube com a finalidade de satisfazê-los cada vez mais e sentirem que é muito importante para o Avaí tê-los como sócios. Qual sócio não quer ganhar brindes e camisas do Avaí sorteadas? Qual sócio não quer ter a chance de poder estar em uma festa gratuitamente? Qual sócio não quer participar de uma ação com jogador avaiano?

Vou citar dois casos. O segundo acho muito gravíssimo.

Na última quarta-feira o departamento de marketing do Avaí promoveu uma “festa para comemorar” a permanência na Série A, em uma casa noturna na Grande Florianópolis, onde os sócios entrariam de graça até a meia-noite, bastando apresentar a carteira de sócio. Muito legal. Vantagem para o sócio. Mas no início da tarde de quarta, um funcionário do Avaí, pelo Twitter, enviou uma mensagem para seus seguidores dizendo que caso não fossem sócios, bastava enviar o nome que ele colocaria na lista de entrada. Como assim? Não era uma vantagem para o sócio?

No mês de novembro aconteceu aqui, em Floripa, o Folianópolis e o Avaí realizou um sorteio exclusivo para os sócios de 15 pares de convites para camarote e 45 para arquibancada, conforme esta notícia no site oficial do clube. Após a realização do sorteio foi divulgado no site oficial a relação dos 60 sócios sorteados. Não sei se tem mais, mas uma pessoa que está ali posso afirmar que não é sócia do clube.

Só posso imaginar que alguém de dentro do clube que participou da realização desse sorteio quis fazer moral com determinada pessoa a custas do clube e assim privou um sócio do Avaí de poder ser agraciado com um par de convite. Por que chego a essa conclusão? Vejamos:

1º) Os associados deveriam enviar um e-mail para participar;
2º) O sorteio, segundo o site oficial, ocorreria por meio do sistema random (www.random.org);
3º) Só poderiam participar associados com a mensalidade em dia;
4º) Todos os ganhadores deveriam retirar seus ingressos e fitas de acesso, na secretaria do clube na Ressacada;
5º) Só poderiam retirar os ingressos e fitas de acesso, os sócios sorteados, munidos da Carteira de Identidade e/ou outro documento com foto.

Com todos os ítens citados acima, como alguém que não é sócio do Avaí conseguiu ter seu nome na relação de sócios sorteados?

Para não constranger o torcedor em questão, não vou publicar o nome, é claro. Se o presidente Zunino desejar, envio diretamente à ele para que assim possa tomar as providências cabíveis, já que com atitudes assim a idoniedade dos sorteios está sendo colocada em xeque, infelizmente

acho que vou fazer terapia pra ver se consigo me desvinciliar do avai queria poder conceguir cancelar minha carterinha.

voces sao uma vergonha