terça-feira, 13 de julho de 2010

O TRABALHO CONTINUA

Nos bastidores, o Avaí continua projetando a ampliação do Estádio da Ressacada. A intenção do presidente João Nilson Zunino é aumentar o estádio para 40 mil lugares, inclusive com as exigências legais da Fifa. A parte nova (setores C, D e E) será capaz de receber 9 mil pessoas. Atrás dos gols, os tobogãs vão ter capacidade de 7 mil lugares cada um. E onde fica o Setor A está a maior novidade. O telhado será substituído. Mas antes será erguido um novo andar de arquibancadas. A capacidade neste espaço deve chegar a 17 mil. Portanto, somando-se tudo, chega-se aos 40 mil lugares.

4 comentários:

Mauro Canto disse...

ô Amigo,
Não leve como uma crítica. Mas estou bem temeroso quanto a nosso futuro. Pra que teremos um estádio com as exigências da FIFA se esse time que aí temos não inspira confiança.
Precisamos de contratações. Não de ampliações. O que temos tá ótimo. Já o time...
Desculpa, mas pela primeira vez estou com medo. Ano passado sabíamos que o time faltava encaixar. Este ano, sabemos que com esse time não chegaremos.
Abraço,
Mauro Canto

Fábio disse...

Vandrei, não acho legal o Avaí num momento incerto dentro de campo ficar anunciando grandes obras.
Isso foi feito da mesma maneiro pelo time da coloninha e deu no que deu.
Creio que no momento o Avaí precisa trazer pelo menos mais um bom meia e atacante.

Abs

Rico de Miranda disse...

Vandrei,

Temos uma média de público de 7 mil torcedores. Em jogos grandes (um ou dois por ano), não conseguimos sequer lotar o estádio. Qual o objetivo de um estádio com capacidade para 40 mil torcedores?

Abraço,

Ricardo

SILVIO disse...

Não acredito nisso tudo, mas caso aconteça, os custos dessa ampliação também serão socializados?