terça-feira, 6 de julho de 2010

FALAS DO GIBA

Encontrei trechos da minha monografia "Estádio Adolfo Konder: Memória e Paixão" onde o ex-árbitro Gilberto Nahas fala sobre o clássico dos 22 expulsos em 31 de março de 1971. Confira abaixo:


"Eu era um árbitro ciente. E nesse jogo que eu expulsei os 22 jogadores, embora eles pedissem para eu voltar atrás, que tinha muita gente querendo ver o jogo, e o Almirante pediu a retomada da partida, eu fui redundante. Eu disse que não voltaria atrás porque o jogo não ia acabar bem. Eu não descumpri uma ordem militar, descumpri uma ordem desportiva. O pessoal quis pular dentro. Dez, doze mil pessoas, todo mundo ,queria ver o jogo. Ficou no zero a zero."



"Houve um desentendimento entre o Cláudio, centroavante do Figueirense, que deu fez uma piadinha para o Deodato sobre namoradas fora do campo. O atleta se irritou e deu no que todo mundo viu. Era época da revolução, então os jogadores resolveram revolucionar o evento."


Nenhum comentário: