segunda-feira, 11 de julho de 2011

Opinião, apenas

Pensando positivo, vejo três times fadados ao rebaixamento: Atlético-PR, América-MG e Atlético-GO. Penso que o Avaí reagindo vai brigar com outros times como Bahia, Ceará, Coritiba e também Figueirense, por que não? A Série A é muito disputada. Mas para ficar nela é preciso vencer, principalmente em casa. No nosso caso, a urgência é na Ressacada e também fora dela.

4 comentários:

Guega disse...

Vandrei acho que um grande tb cai, incluo na sua lista o Gremio e o Atletico MG.

NELINHO disse...

Julinho = MAU CARÁTER!!

Eu sabia que lateral de merd. tava fingindo que estava machucado para ficar se valorizando , aliás, quem era esse tal de Julinho antes do Avai: NINGUÉM, UM DESCONHECIDO QUE GRAÇAS AO AVAI AGORA TEM NOME. E o que ele faz: BOTA NO C. DO AVAI, DÁ UM MIGUÉ QUE TÁ MACHUCADO E FICA SE FAZENDO EM CIMA DO AVAI. Se não quer jogar no Avai: MANDA EMBORA e fala pro ZUNINO deixar de ser bonzinho com esses mercenários. Na hora de liberar jogador, qualquer proposta leva, mas quando é para trazer alguém de volta ele não consegue, vide a novela Marcos Paulo (que aliás não é nenhum craque). É isso ai com o fraco do Zuninoe o seu filhinho morro abaixo..

Joao batista disse...

vandrei, concordo em parte com suas previsoes, america, atletico goianiense,avai,figueirense,curitiba e bahia.

Luís disse...

Por enquanto as babas do campeonato são os três últimos: Atlético Paranaense, Avaí e América Mineiro. Esse último será rebaixado com certeza; o primeiro tam bala na agulha, mas precisa reagir rápido; já o Avaí tem que decidir o que quer no campeonato, porque não temos bala na agulha como tem o Atlético Paranaense, mas igualmente temos que reagir rápido. Hoje, o Atlético Goianiense tem muito mais time que o Avaí, mas reputo o jogo em Goiânia menos difícil que o jogo em Curitiba, até pela condição de estréia de um novo treinador (no caso do jogo contra o Atlético Paranaense), e pelas dimensões do Serra Dourada.

Agora, toda a questão passa pela vontade e comprometimento dos jogadores do Avaí e pela racionalidade da Comissão Técnica. Ou os jogadores deixam a falta de vontade - visível em alguns casos - em casa, ou não vai dar; ou a Comissão Técnica começa a fazer o óbvio, e não mais inventar com Diogo Orlando, Fábio Santos, Maurício Alves e cia. ltda., ou também não vai dar.

Saudações Azurras!